Conscientização: Oxi – a nova droga pior que o crack

Possivelmente uma das mais potentes e perigosas drogas conhecidas, o oxi ou oxidado, como é conhecido pelos seus usuários, é uma variante do crack. A diferença é que, na elaboração, ao invés de se acrescentar bicarbonato e amoníaco ao cloridatro de cocaína, como é o caso do crack, adiciona-se querosene e cal virgem para obter o oxi. “A gente tinha idéia de que havia essa droga, mas nenhuma estudo científico comprovava”, conta Álvaro Ramos, presidente da ONG Rede Acreana de Redução de Danos – Reard.

Continuar lendo

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Bola fora: World Press Freedom Day 2011 será sediado nos EUA

Soube através do Jornalirismo.

Os EUA só tem dado bola fora, realmente deixou de ser exemplo de coisa alguma. Só vai provocar mais polêmica, publicidade negativa e conflitos de rua.Se o projeto Wikileaks fosse ilegal, não teriam que inventar desculpas esfarrapadas para poder prendê-lo.Segundo o site Disinfo.com, a moça que acusou Assange de estupro (Anna Ardin) já trabalhou pra CIA, o processo tinha sido arquivado, foi reaberto misteriosamente… BUSINESS AS USUAL.

pra saber mais sobre essa presepada (em inglês): http://portal.unesco.org/ci/en/ev.php-URL_ID=30524&URL_DO=DO_TOPIC&URL_SECTION=201.html

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Observatório da Imprensa: Wikileaks divide jornalistas em duas correntes

“O fenômeno Wikileaks está dividindo os jornalistas em duas correntes, segundo Niles. De  um lado estão os que defendem a tese de que a informação deve chegar até o publico, não importa os meios e formas, para que o cidadão possa exercer o seu direito de decidir sobre os rumos do país; e do outro, os profissionais que desejam controlar o fluxo da informação para manter os seus empregos.”

fonte: http://goo.gl/IWCDC

Para mim a divisão é bem clara, o bom profissional que trabalha em nome da informação mesmo que isso lhe custe o emprego. E o jornalista pau-mandado que tem medo de publicar uma bomba por receio de perder o emprego.

Outro trecho que fez com que Assange ganhasse pontos comigo:

“o criador do Wikileaks diz que se inspira nas idéias do presidente norte-americano Theodor Roosevelt sobre a necessidade da transparência universal  e prega uma “conspiração de computacional para acabar com o governo invisível“ globalizado.”

Fica a pergunta, o quanto Assange sabe sobre o que ele chama de governo invisível?

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Que países detém mais títulos da dívida pública americana?

Incrível como a China venceu usando as táticas do inimigo.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Brasil reconhece Estado Palestino com fronteira pré-1967

O Itamaraty anunciou hoje que o governo brasileiro reconheceu o Estado palestino nas fronteiras anteriores à Guerra dos Seis Dias, em 1967. O pedido havia sido feito pelo presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmoud Abbas, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva em carta datada do dia 24 de novembro. “Por considerar que a solicitação apresentada por Vossa Excelência é justa e coerente com os princípios defendidos pelo Brasil para a questão palestina, o Brasil, por meio desta carta, reconhece o Estado palestino nas fronteiras de 1967”, diz Lula, no texto a Abbas.

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

Noah Chomsky – A raiva mal dirigida nos EUA

Tradução de Marco Aurélio Weissheimer para o Carta Maior

Nunca havia testemunhado tamanho grau de irritação, desconfiança e desencanto como o que presenciamos nos Estados Unidos por ocasião das eleições de metade de mandato. Desde que os democratas chegaram ao poder, estão tendo que lidar com nosso monumental incômodo pela situação social, econômica e política do país. Em uma pesquisa da empresa Rasmussen Records, realizada em outubro, mais da metade da cidadania americana assegura ver com bons olhos o movimento Tea Party: esse é o espírito do desencanto.

Os motivos de queixa são legítimos. Nos últimos 30 anos, os salários reais da maioria da população estancaram ou diminuíram, enquanto que a insegurança trabalhista e a carga de trabalho seguiram aumentando, do mesmo modo que a dívida. Acumulou-se riqueza, mas só em alguns bolsos, provocando desigualdades sem precedente.

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Palestine Poster Project

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário